Alguns empreendedores imaginam que o marketing tem como única função aumentar o faturamento. Na realidade, os departamentos de marketing e de vendas têm suas táticas e estratégias específicas.

O Vendarketing, portanto, não se trata da simples fusão entre esses dois setores da empresa, mas sim da união entre as equipes de marketing e vendas, a fim de alinhar suas atuações.

Quer conhecer mais sobre essa estratégia? Confira o post de hoje e veja como ela pode ajudar sua empresa a obter os melhores resultados:

O que é Vendarketing?

Se você passeia pelos sites de língua inglesa, já deve ter topado com o termo Smarketing. Essa denominação veio da junção das palavras sales e marketing, e foi traduzida no português como Vendarketing. Na prática, o Vendarketing é o alinhamento entre esses dois departamentos que, em muitas empresas, atuam sem união.

Achar que a função da equipe de marketing é criar campanhas mirabolantes, enquanto o time de vendas as coloca em prática é coisa do passado! Na verdade, como ambas as áreas são essenciais para o sucesso da marca, não pode haver uma distribuição de funções tão engessada.

Se vendas e marketing não alinham seus objetivos e estratégias, os departamentos não conseguem juntar forças. O Vendarketing busca unir as forças dessas duas áreas por meio de uma comunicação integrada, fluxo de dados interligado e compartilhamento de experiências.

Quando os departamentos estão agindo em conjunto, o cliente pode ser guiado desde a atração (função do marketing), até o fechamento da compra (função do time de vendas) e o pós-venda (quando os dois departamentos estão alinhados).

Por que implementar o Vendarketing?

Podemos pressupor que qualquer gestor deseja o sucesso de sua empresa, certo? Afinal, a companhia investe dinheiro, tempo e esforços para firmar sua marca no mercado e obter reconhecimento. O Vendarketing é a ferramenta que permitirá que as equipes de marketing e vendas se reconheçam e unam forças para chegar ao sucesso.

Marketing não se trata de pura propaganda. É função deste departamento pesquisar e encontrar o público-alvo da empresa, além de descobrir anseios, necessidades, hábitos e problemas do cliente potencial. Por outro lado, o setor de vendas tem a capacidade de transformar o lead em cliente.

Quando os times se unem, problemas usuais diminuem e até desaparecem. Se duas áreas convergem e reconhecem mutuamente sua importância, há uma troca de experiências que possibilita uma trajetória de compras mais agradável para o cliente.

O marketing possibilita conhecer quem é o comprador, e o time de vendas leva ao cliente os produtos e serviços que vão solucionar seus problemas.

Como integrar vendas e marketing?

Ambos os departamentos atuam dentro do mesmo funil de vendas, porém em estágios diferentes. Enquanto o marketing está no topo e meio do funil, as vendas estão no fundo. Então, como integrar os departamentos?

Funil de vendas Vendarketing

O caminho mais básico para unir os dois setores é adotar um funil de vendas Vendarketing. Trata-se de cuidar do relacionamento com o cliente desde o primeiro contato, chamado de Atração no funil de vendas.

Depois, deve-se conquistar a atenção do público, na fase Lead. Por fim, qualificá-lo através de conteúdo relevante e entregá-lo para o time de vendas na fase de Oportunidade. Para manter o bom relacionamento, é preciso ainda aplicar o pós-venda.

As empresas que aplicam o marketing de conteúdo estão à frente da concorrência e já estão implementando os processos do Vendarketing.

O passo a passo

Para adotar a estratégia do Vendarketing, é preciso seguir alguns passos.

  1. Planejamento: trace suas estratégias de marketing de acordo com o perfil do seu público-alvo, entendendo seus problemas e ambições. Faça seus orçamentos e investimentos na capacitação das suas equipes;
  2. Gestão de leads: é hora de gerir os leads, que serão os futuros clientes, e segmentá-los em nichos de acordo com seus hábitos e preferências;
  3. Gerenciamento de dados: permita que tanto a equipe de vendas quanto a de marketing possam ter acesso aos dados dos leads, a fim de acompanhar o processo de compras dos clientes;
  4. Medição: adote os Indicadores-Chave de Desempenho. Ou seja, defina quais as métricas avaliarão o resultado das suas estratégias de Vendarketing, a fim de medir o nível de sucesso obtido no processo.

Gostou das nossas dicas para aplicar o Vendarketing na sua empresa? Para ficar por dentro das nossas publicações e aprender mais sobre o assunto, assine nossa newsletter!