Com o aumento da concorrência em praticamente todos os setores da economia, otimizar os processos é uma necessidade essencial para qualquer empresa que deseje conseguir espaço no mercado. Dentro desse contexto, unir os times de marketing e vendas tornou-se fundamental e, a partir dessa necessidade, surgiu o vendarketing.

Os atritos entre essas áreas e ruídos em sua comunicação prejudicam o desempenho do negócio e minimizam as chances de atração ou retenção dos clientes. Quer aprender como alinhar marketing e vendas de uma maneira eficaz e produtiva? Então confira o conteúdo a seguir:

Estimule a comunicação entre os times

O primeiro passo para uma boa estratégia de vendarketing é estimular a comunicação entre os times. O dia a dia dessas equipes, obviamente, é bastante corrido e dinâmico e é por isso mesmo que a empresa deve proporcionar uma estrutura que permita a troca constante de informações.

Reuniões frequentes são uma boa maneira de fazer isso. O ideal é que sejam feitas semanalmente e criem um ótimo intercâmbio de informações. Centralizar os dados por meio de um software de uso comum também é uma opção. Dessa maneira, sempre que um departamento fizer algo, o outro será informado.

Proporcione o reconhecimento mútuo

As equipes de marketing e vendas devem valorizar o trabalho do outro time e entender que precisam uma da outra para ter melhores resultados. Uma boa forma de fazer isso, por exemplo, é permitindo que o funcionário de um departamento passe um tempo trabalhando no outro, até para entender melhor as funções e estratégias utilizadas.

É importante que os dois grupos compreendam como e por que os processos dentro de cada área acontecem. Se cada colaborador souber perfeitamente o que os seus pares fazem e como trabalham, fica mais fácil conquistar empatia, aproximação e a gestão de funcionários fica mais simples.

Estabeleça objetivos claros

Estabelecer objetivos claros ajuda nos resultados de qualquer negócio, mas também pode ser uma boa tática de vendarketing. As duas equipes devem remar juntas e em prol de uma meta comum para a empresa, com ambos os departamentos totalmente alinhados na busca do mesmo ideal.

Cabe aos gestores, portanto, investir na cultura organizacional. Deixe bem evidente quais são os planos, os valores e a missão do empreendimento. Demonstre qual é o posicionamento esperado no mercado em curto, médio e longo prazos e quais são as estratégias que serão utilizadas para isso.

Ofereça feedbacks constantes

Como o mercado é dinâmico e tudo muda em pouco tempo, oferecer feedbacks constantes é essencial para ajustar os processos e manter os times de marketing e vendas alinhados. Procure ter um contato muito próximo com os líderes de cada departamento e mantenha as portas abertas para qualquer funcionário dessas equipes.

Relatórios periódicos sobre os resultados totais e também sobre cada colaborador podem ajudar bastante. Cada análise deve criar insights e estimular uma melhora de desempenho, discutindo o que tem dado certo e realinhando as estratégias que estão se mostrando menos eficientes.

Meça e analise os resultados

Por fim, utilizar métricas para analisar os resultados é outro ponto fundamental para um bom vendarketing. A performance de cada departamento deve ser medida em cada etapa, de forma que seja possível entender os pontos de falha e mensurar os impactos de cada ação realizada.

Você pode criar indicadores específicos ou se valer dos mais comuns do mercado, como a taxa de conversão, o custo de aquisição por cliente, o ticket médio e o percentual de retenção. Ao digitalizar os processos ou investir em inbound marketing, por exemplo, fica mais fácil unir e trabalhar os relatórios das duas áreas.

E então, gostou de descobrir o poder do vendarketing? Este conteúdo foi útil para você? Então compartilhe o artigo em suas redes sociais!