Você sabia que, antes de comprar um produto, as pessoas “compram” pessoas? Isso significa que antes de vender qualquer coisa para alguém, você precisa fazer com que seu comprador, antes de mais nada, tenha “comprado” você, ou seja, tenha criado uma boa percepção do seu valor.

Não importa se você é um proprietário de loja de móveis, representante, arquiteto ou qualquer outro tipo de profissional. Se pretende tornar seus negócios mais rentáveis, vender melhor suas ideias e alcançar metas profissionais e pessoais, saiba que transmitir uma boa imagem pessoal faz toda a diferença.

Para ajudá-lo, preparamos 6 dicas de marketing pessoal que você precisa conhecer!

1. Tenha um planejamento de marketing pessoal

Quem não sabe aonde quer chegar não chega a lugar algum. Ou, pelo menos, não aos melhores lugares!

Assim como uma empresa define cuidadosamente em seu planejamento quais são seus objetivos e metas e documenta qual a estratégia adotada para chegar lá, no marketing pessoal o planejamento é totalmente imprescindível.

Experimente colocar no papel como você se imagina daqui a um período de tempo e qual a estratégia adotada para chegar lá. Não esqueça de monitorar seus resultados periodicamente.

2. Invista em seus pontos fortes

Uma boa dose de autoconhecimento é essencial quando se trata de marketing pessoal. Conheça seus principais pontos fortes (qualidades naturais mais relevantes) e fracos, além de identificar quais são as principais oportunidades a conquistar e riscos a minimizar com base nessas características.

Depois disso, invista diariamente na divulgação dos pontos fortes, mas cuidado com a dose! Saiba vender sua imagem nos momentos certos e da forma adequada, para não soar arrogante.

3. Seja visto

Muitos profissionais com talentos incríveis acabam não conseguindo se destacar no mercado simplesmente por não se mostrarem ao seu público. Lembre-se de que “quem não é visto, não é lembrado”.

Vá a eventos da sua área de atuação, agende almoços e happy hours com pessoas que tenham interesses próximos aos seus, mostre suas conquistas e qualificações sempre que possível e não se esqueça de estar presente estrategicamente nas redes sociais!

4. Vista-se de acordo com o que seu público-alvo espera

Você não precisa se vestir como um modelo ou gastar milhares em roupas, mas o mínimo necessário para aumentar a percepção de valor sobre sua imagem pessoal é vestir-se de acordo com o que seu público espera.

Quando falamos em público, pense em quem você quer agradar: potenciais clientes, profissionais da sua área de atuação, etc.

Perceba que não se trata de se vestir com extravagância ou exageros, mas sim de criar um estilo que esteja de acordo com seus objetivos de marketing pessoal.

Se você ainda patina nesse quesito, considere investir em um personal stylist, profissional de consultoria pessoal de moda, que, sem dúvidas, saberá como melhorar seu estilo pessoal!

5. Seja um resolvedor de problemas

O profissional de sucesso é aquele que é conhecido por resolver problemas, improvisando quando faltam recursos, usando a criatividade para elaborar novos métodos e gerar mais resultados, e sempre entregando ao cliente um resultado superior ao esperado. Seja sempre esse tipo de profissional!

6. Crie empatia com seu público

Você já ouviu falar em Rapport? Trata-se de um grupo de técnicas envolvendo linguagem corporal e outras pequenas atitudes, que tem como fim gerar harmonia e confiança nas relações interpessoais. É muito útil para estabelecer bons relacionamentos com clientes, parceiros de negócios e nas mais diversas interações sociais.

Estudar e praticar técnicas para criação de empatia com seu público é fundamental para que você se destaque na sua área de atuação.

Coloque hoje mesmo essas dicas de marketing pessoal em ação e rapidamente você vai perceber resultados em sua performance profissional.

Gostou deste conteúdo? Então não se esqueça de deixar sua mensagem nos comentários aqui embaixo!